#CarolViaja | Ceará em 5 dias


Talvez esse seja o post mais aguardado do ano! Tudo isso porquê eu resolvi tirar umas mini férias na capital cearense e foram dias tão incríveis, que deixei todo mundo com vontade de embarcar junto comigo 󠁶󠁶😄. Neste post vou dar algum motivos para vocês escolherem Fortaleza como o destino para suas próximas férias, nem que sejam curtinhas como a minha. Apertem os cintos e vamos nessa!


Ganhei uns dias de férias e pensei, por que não Fortaleza? Por sorte (ou programática), recebi um alerta dos Melhores Destinos e comprei a passagem, ida e volta, por apenas R$ 281,96 pela Latam. A viagem acabou acontecendo em grupo, no total 5 pessoas, o que deixou as coisas mais animadas.👏

  • Hospedagem
Já que fui em grupo, optamos em trocar a comodidade de um hotel pela praticidade e privacidade de um AirBnb, o que também nos fez economizar bastante. Pagamos apenas R$750 em 5 diárias, para dividir com 5 pessoas (ou seja, saiu baratinho para cada um), no Ap da Thays, super bem localizado no bairro de Meireles, 5min. da Av. Beira Mar, a mais importante de Fortaleza. 

Airbnb é tudo de bom! Vai viajar? Clique aqui e ganhe R$130 de desconto no seu primeiro aluguel. 
Como nosso tempo foi curto, saímos de Salvador com um roteiro programado. Claro que imprevistos acontecem, mas é uma boa dica chegar já sabendo o que quer visitar/fazer para não perder tempo. 

#DIA1 - Beach Park

Me desculpem, mas ir ao Ceará e não conhecer o Beach Park é totalmente... ERRADO! O melhor parque aquático do Brasil fica no município de Aquiraz, 20km de Fortaleza. O ideal, para evitar fila,  é comprar seu ingresso logo no aeroporto ou nessas agências de turismo que ficam na orla.
Valores da entrada 

Saímos de Meireles e foi uma viagem curtinha, de 20km. Essas mesmas agências oferecem o translado de R$30 por pessoa, mas como estávamos em grupo, pegamos um Uber que deu em torno de R$40 cada trecho e ficou bem mais barato quando dividimos por pessoa.


O Beach Park é um complexo enorme, que além do parque aquático tem uma rede de hotéis com diversos ambientes. O ingresso da diária no parque foi R$225, porém eu paguei meia estudante de R$112,50. Este dá direto de passar um dia no parque e brincar em todos os brinquedos. São mais de 18 atrações divididas em leves, moderadas e radicais... Ou seja, tem diversão para toda a família.




O atendimento lá é maravilhoso e o parque é super seguro, tem segurança e salva-vidas em todo canto. Agora se preparem para deixar um fígado, pois ô lugar carinho. 😒Principalmente em relação a comida: paguei R$27 num cachorro quente + Heineken e estava bem ruim! Soube que lá tinha revista, mas não vi nada por lá... Me arrependi de não ter levado uns sanduíches na bolsa. #ProntoFalei!



Média de preços dos alimentos | Barraca das fotos nos brinquedos que também é pago | Bilheteria


1 cachorro quente + 1 Heineken por R$27

O parque abre às 10hs e fecha às 17hs. Se possível, cheguem antes para curtir e tirar foto na praia da entrada que é bem bonita. 

Esses são os brinquedos que, na minha opinião, vocês não devem deixar de ir se gostarem de adrenalina:
  • Insano: só a subida já é difícil e você não vai desistir depois de todos aqueles lances de escadas, né? A sensação é de queda livre. Barril. Mas dura somente 5 segundos... Juro que depois até dá vontade de ir de novo hehe 
  • Kalafrio: olhando, ninguém dá nada, mas só quando chega lá em cima você percebe a fria em que se meteu. É uma boia para duas pessoas, a descida é quase 90º e a sensação é uma das piores/melhores possíveis. 
  • Arrepius: é um conjunto de 5 toboáguas onde fica a famosa Cápsula. Eu recomendo o verde, onde dá para ir 4 pessoas e é muito massa! 
  • Vaikuntudo: o nome diz muita coisa... Você vai com tudo, menos a alma que fica. Nesse também dá para ir 4 pessoas e é uma adrenalina indescritível! Fui 3 vezes e uma pior/melhor que a outra. 
#DIA02 Passeio das 3 praias
Esse é um famoso passeio onde você conhece 3 praias em uma dia: Canoa Quebrada, Praia das Fontes e Morro Branco, ideal para quem tem pouco tempo na cidade e deseja conhecer o máximo possível. A agência foi a Enseada Turismo e indico bastante. Pegamos a oferta no Peixe urbano que incluiu: transporte com guia para o passeio das 3 praias com buggy + Bate e volta pra Jeri por R$214 e foi um super achado!!


Empresa Enseada e Passeio de Buggys


  • Canoa Quebrada
A agência foi buscar a gente no Ap uns 7h da manhã e depois de 2hs de viagem chegamos à Canoa Quebrada. Tivemos a manhã livre na Barraca Antônio do Coco, que tem uma estrutura muito boa e, inclusive, uma piscina para crianças. Lá aceita dinheiro, débito e crédito.


Cardápio Antônio do Coco

Quem quiser fazer o passeio de Buggy por lá, fica na média R$50 por pessoa. Eu preferi deixar pra fazer o de Praia das Fontes à Morro Branco, que estava incluso no pacote, e é um trajeto de 2hs com muita aventura e belas paisagens.



  • Praia das Fontes
A segunda parada, que já fomos de Buggy, foi bem rapidinha em Praia das Fontes, que fica em Beberibe. Não vi nada demais, além de uma lagoa com algumas redes, mas que dá para fazer umas fotos bem legais.


  • Morro Branco
 O passeio seguiu até Morro Branco, passamos pela linda praia até o labirinto das Falésias, que é um dos lugares mais lindos que já vi. . Caminhamos por uns 30 minutos entre morros de areia coloridas com o mar azul de fundo... O cenário é de clipe! Neste, antes de começar, somos orientados a pagar "quanto puder" ao Guia.




Entrada do Labirinto Morro das Falésias, onde termina o passeio de Buggy.
Retornamos à Fortaleza umas 18hs. O passeio é bem superficial, mas vale muito a pena. Caso queiram comprar lá, na orla de Fortaleza, dá para encontrar esse pacote de R$70 por pessoa, fora o passeio de Buggy que é uns R$150 o grupo com 4 pessoas.

#DIA03 - Jericoacoara


Jeri fica a 300km de Fortaleza e o visitante precisa pagar uma taxa de permanência de R$5 o dia. É impossível ouvirem recomendações do Ceará sem citarem Jeri! Em todas minhas buscas este lugar era chamado de "o paraíso". Digamos que eu conheci apenas 20% da cidade, mas posso afirmar que sim... Jeri é incrível!

Por conta do tempo curto, fizemos um bate e volta, também pela a agência Enseada (lembra que falei que estava incluso no pacote?). Eles foram nos buscar, em nosso Ap lá, na Meireles, umas 4hs da manhã e pegamos a estrada até o destino. São, em média, 6hs de viagem, mas antes paramos no Restaurante São Paulo, para o café da manhã, onde o kg custa R$39,99. Uma dica importante: leve dinheiro vivo e trocado. São pouquíssimos lugares que aceitam cartão por lá.



Ainda no ônibus há uma simples divisão de quem quer ficar na Vila de Jeri ou prefere fazer o passeio para o lado Leste, que custou R$30 por pessoa, para conhecer uns pontos turísticos de Jeri: alchymist Beach Club (já estava incluso no pacote), Lagoa Azul, Árvore da Preguiça, Cabaré dos Ventos e Pedra furada e, por fim, encerrava na Villa de Jeri.

Chegamos em Jiloca de Jericoacora, e após a divisão do grupo,nos optamos pelo passeio e embarcamos com um grupo de 8 pessoas, num carro traçado (D-20). O trajeto é legal mas também agoniante, já que as estradas de barro sobe muita poeira em alta velocidade. Aconselho levar um chapéu ou algo que possa proteger o rosto.
  • Alchymist Beach Club
É o famoso lugar onde fica a Lagoa do Paraíso com as redes. A entrada custa R$20, que não pagamos pois já estava incluso no pacote da Enseada. O bar é impressionante desde a sua entrada, com muitas árvores e decoração mística, até chegar o bar que mistura o estilo rústico e luxoso.




As famosas redes da Lagoa do Paraíso.


A estrutura é mesmo incomparável, o que se reflete no cardápio. As coisas são bem caras, mas quando se está em grupo e divide com todos fica ok. Para este lugar aconselho caprichar no look e levar um carregador portátil pois é muito fotogênico. A água é bem clarinha e calma, ótimo para relaxar.







  • Lagoa Azul
Essa lagoa fica do outro lado da Lagoa do Paraíso. É bem tranquila, familiar e também tem o cardápio mais acessível. Não tão bonita quanto a primeira, é legal mas não achei imperdível. 


  • Cabaré du Vento
Adianto logo: os melhores momentos em Jeri que tive foi neste lugar! Incrível! Cabaré du vento, que fica na praia de Préa, é uma pousada e resto bar com um clima rústico chique, bem praieiro e tem uma das melhores e maiores caipirinhas que já experimentei. Além do visual, o clima, energia e trilha sonora do lugar é bem legal, sem falar do atendimento. Carlinhos, dos drinques, é super atencioso e prepara tudo com muito capricho.





Os preços são bacanas e a cartela de drinques bem vasta. A caipirinha, que vem tipo num pote de vidro de conserva, saiu por R$12.






Inclusive, nossa próxima parada seria na Pedra Furada mas fizemos um montin com o grupo para pular esse ponto e ficar mais tempo lá... Se dependesse mim, passaria a noite lá haha Ah! tem wi-fi. 👊<3 p="">

  • Árvore da preguiça
Estávamos tão loucos de caipirinha que nem lembro direito como cheguei lá HAHA mas foi uma parada bem rápida. A árvore da preguiça foi o último ponto turístico do passeio, na verdade não achei nada demais mas é bem interessante ver os galhos cinzas e retorcidos, que faz a árvore parecer preguiçosamente deitada no chão, mas na verdade eles assumiram, ao longo do tempo, essa forma devido ao vento forte.




  • Vila de Jeri
Por volta de 18hs, encerramos o passeio na Vila de Jeri, que é bem charmosa e cheia de lojas e restaurantes. Não ficamos até mais tarde, mas muita gente disse que a noite é bem agitada, com muito forró e música, samba e barraquinhas de drinques.

#DIA04 MERCADO MUNICIPAL, CROCOBEACH E AV. BEIRA MAR

  • Mercado Central
Do nosso bairro, Meireles, dividimos um 99pop (lá funciona super bem) que deu menos de 10 reais, até o Mercado Central. Esse ponto também é uma das paradas obrigatórias da cidade, já que é o maior mercado de artesanato do Brasil. E eu posso afirmar: é grande mesmo! São uns 5 andares de produtos da região, artesanatos, roupas, sapatos de couros e lembrancinhas da cidade. 





Quanto aos preços, acho que me iludi um pouco. Fui acreditando que seria mais barato do que na Feira de Meireles, mas não é. Vale a pena a pesquisa e também o passeio. 
  • Crocobeach 
Esse ficou mais um pouquinho distante da gente, lá na Praia do Futuro, e o carro de uns R$15. Foi mais um point que criei expectativas e não vi nada demais haha
Crocobeach é um complexo de lazer, com uma ótima estrutura e achei o clima bem família. Fui numa segunda, no final da tarde, talvez não tenha sido um bom dia já que sempre rola umas atrações por lá mas neste dia não teve nada. Na verdade, eu não explorei bem o lugar. Fiquei somente na barraca, a beira da praia, mas lá tem um lounge com Piscina e atendimento exclusivo (R$40 o acesso), tem um parque infantil e até mesmo sauna e academia. 


O lado ruim é os preços, que realmente são mais caros e também o ataque de ambulantes: a cada 2 minutos vem algum oferecer algo para comprar. Bem inconveniente. 
Soube que o João do Caranguejo, concorrente do Croco, é melhor. Haha.
  • Noite na Av. Beira Mar
A Av. Beira-Mar é bastante movimentada e cheia de ambulantes, isso porquê tem uma feirinha que começa a partir das 17hs. Além de sucesso, é mais barata do que no Mercado Central. 
A orla é rodeada e bares e restaurantes, um ao lado do outro, e também tem uns humoristas que ficam fazendo show no meio da rua. O humor é muito forte no Ceará! Aonde você vai, como atração, terá um show de piadas. 
Além disso, não vi mais nada e também as coisas parece que encerram cedo. 1H já estava tudo se preparando para fechar e ruas desertas. 
Falando nisso, apesar de achar as ruas um pouco deserta não achei a cidade perigosa. Porém as pessoas recomendavam que não andássemos com celular e coisas de valor à vista, na rua. 

#DIA5 Último dia!
  • Jardim japonês
Andando pela Av. Beira Mar, me chamou atenção o Jardim com arquitetura japonesa. Não tem nenhum atrativo, vale entrar se estiver passando pela frente. Achei o lugar bem fotogênico, mas bem abandonado também. Se fosse cuidado seria lindão!




  • Dragão do Mar Centro de Arte e Cultura
Esse é o lado cultural da cidade, que fica na Praia de Iracema. A região tem um aspecto abandonado e deserto, mas também é bonito e bom para passear. Tem cinema, exposições, planetário, um Café Santa Clara, que não entrei mas parece bem legal. 






  • Chopp da Bixiga
Aproveitamos que estávamos perto para provar o famoso Chopp de vinho. É um vinho levemente gaseificado e com espuma de chopp. No início achei estranho, mas quando vi já estava na terceira caneca 😂 O bar tem uns petiscos legalzinhos (experimentei o kibe mas achei com muito tempero) e também um som a partir das 19hs, em que o couvert custa R$5. 

Resumo, do resumo, do resumo, essa foi minha trip maravilhosa para Fortaleza!Teve muito mais coisas e detalhes que vocês podem conferir no vlog depois.
Concluindo, Fortaleza é um ótimo destino e não é caro, se você se planejar e fazer escolhas econômicas.Vou deixar abaixo mais ou menos o resumo dos custos que tive.
E minha dica é: passe mais dias, se puder, e invista nos passeios. Ceará é muito bom para só focar na capital. 


#Dica02: Rola uma tal de "Feirinha de Madrugada", de quarta da domingo por lá. Infelizmente não consegui pegar, mas soube que começa as 00hs e tem muita coisa boa e barata. Dá para fazer vários achadinhos 😁

#Dica03: Se tiver tempo, va à Cumbuco e faça o passeio de Buggy. Não fomos mas soube que é maravilhoso! O passeio custa uns R$30 por pessoa, fora o buggy que deve ser uns R$40 pra cada.

E vocês gostaram do post? Já conhecem Fortaleza? Deixem sua dica nos comentários.💚

Ah! E não esqueçam de conferir em breve o vlog, lá no canal, com mais detalhes sobre essa Trip. 

Beijos,
Carol. 





Um comentário: